2leep.com

Mantras, Orações Apelos, Decretos, Afirmações, Visualizações




Mantras, Orações, Apelos, Decretos, Afirmações, Visualizações: O que são?


Mantras: são representações sonoras que representam uma divindade, são de origem da língua sânscrito.


Orações: são o elo de ligação direta com o cosmos, são o abre portas.


Apelos: são representações sonoras que tem a função de canalizar energias para o bem estar humano. Também chamados de Mantras Ocidentais.


Visualização: é uma forma de precipitação, alcança-se o mesmo que os anteriores, sem proferir nenhum verbo, é o Pensamento Forma, formado e consciente de sua divindade. Porém nunca vos esqueçais de que sois apenas servidores, instrumentos para o Deus imanente dentro de vossos corações.


Decretos ou Afirmação: são utilizados para firmar nosso Pensamento Forma em nosso próprio Eu, como os Apelos, também são chamados de mantras ocidentais, quando usados diariamente, ocorrem transformações maravilhosas em vossas vidas e a sua volta.


Via Anjo de Luz



Os mantras são compostos de diferentes formas, eles podem ser o produto de uma inspiração comunicada diretamente pelo Cosmos ou podem resultar também de uma meditação, e nesse caso, ser uma emanação do espírito inconsciente de um iogue. Alguns são recolhidos diretamente no akasha, o éter cósmico ou memória universal, por adeptos de altíssimo grau, outros mantras são obras de poetas, cantores ou de místicos. Muitos mantras, considerados dentre os mais eficazes, foram compostos através de um dos vários métodos usados para reduzir a uma curta fórmula hermética toda uma obra importante, este procedimento é, às vezes, utilizado em proporções inimagináveis, é desta forma por exemplo, que um livro sagrado contendo milhares e milhares de versos podem ser resumido num só capítulo. Este capítulo pode, em seguida, ser reduzido a um só parágrafo, depois a um verso e, finalmente, a uma única sílaba . Esta sílaba última tem um poder tão grande que de forma análoga a um micro ponto da moderna computação, encerra a essência de todo o tratado. O domínio desse mantra conferirá imediatamente ao discípulo uma compreensão intuitiva do conjunto do texto.


via Eu Sou Luz


Um comentário:

William Oliveira disse...

Hanah !
Que belo post! Uma explicaçàão muito necessária.

Sigamos afirmando Luzes!

Bejuh!
William